quinta-feira, 10 de setembro de 2009

VIDA SIMPLES



VIDA SIMPLES
(Victtoria Rossini)

Cansei de tudo
Que não é sincero
Agora só quero
O que tem valor

Já estou cansada
De canoa furada
Me enganar por nada
E lutar por amor

Quero as alegrias
Simples da vida
Sorrisos de crianças
E pés no chão

Deitar a cabeça
Em meu travesseiro
E dormir tranqüila
Sentindo tua mão

Não perco mais tempo
Caçando borboletas
Que não duram pra mim
Sequer um verão

Tenho sonhos simples:
Só quero teu beijo
E uma vida plena
De satisfação

2 comentários:

Suely disse...

Lindo!Lindo! Nem tenho palvras para expressar o quanto essa poesia me toca tanto.

Victtoria Rossini disse...

;)) Q bom Suely!!
Essa é abeleza da poesia, nos leva numa viagem pra dentro de nós mesmos traçando seus próprios caminhos dentro do nosso inconsciente...
bjs amada