terça-feira, 20 de outubro de 2009

ORAÇÃO DO POETA


ORAÇÃO DO POETA
(Victtoria Rossini)
.
Que nós e o universo de que fazemos parte
Estejamos sempre em conexão.
Para podermos sentir, ouvir e descrever
Toda grandiosidade da vida
E a beleza que existe dentro da toda a criação.
.
Que nunca nos falte a inspiração.
Que saibamos nos equilibrar
Entre razão e emoção.
.
Que a dureza do mundo
Não faça empedernir nosso coração.
.
Que nosso excesso de sensibilidade
Nunca se transforme em desespero.
.
Que nosso romantismo
Não nos transforme em idiotas.
.
Que nossa vontade de inovar
Não nos cegue para beleza do comum.
.
Que saibamos usar a poesia
Para melhorar o mundo
E olhar a tudo e a todos com olhos de amor.
.
Que nunca nos falte a coragem e a dignidade
Para pensar, falar, ousar e agir
A favor daqueles, que não tem voz.
.
Que não tenhamos medo da verdade, nem da crítica
Ao mostrarmos a nossa alma e nossas idéias
Em qualquer composição.
.
Porque nós poderemos partir um dia,
Mas aquilo que semearmos
De bom na alma dos homens
Viverá para sempre.
.
Obrigada universo!
Por eu ter nascido sensível
A ponto de me tornar poeta!
.

2 comentários:

Rafael Guerra disse...

muito boa! gostei da parte
"Que nunca nos falte a inspiração.
Que saibamos nos equilibrar
Entre razão e emoção." ^^

Maria L. Bózoli disse...

lindíssimo poemaaaaaaaaa...Parabéns

Beijos na alma...Boa Noite!!