terça-feira, 29 de dezembro de 2009

AS PALAVRAS E O OBSERVADOR


AS PALAVRAS E O OBSERVADOR
(Victtoria Rossini)

Raízes de palavras
Trazidas por cheiros
Lembranças e sonhos
Bóiam em meu lago

Submergem
Emergem
Voam
Paralisam...
E minha mente pensante
Conectada as palavras
Liga meu corpo
Acende meus sentidos
E me faz prisioneira...

Palavras perdidas
Lembranças já mortas
Revivem em mim

E assim vivo...
Ao sabor das correntes
Bebendo em vertentes
Contaminadas por medos
Palavras mal ditas
Idéias de pecado
Presentes mal dados
Armazenados em porões
Que grudam em recordações
Se enroscam em meus pés
Se confundem comigo
A ponto de eu achar
Que elas, sou eu...
(È assim que as idéias erradas
Arrastam o mundo)

Mas olho pra elas
E as observo plácida-mente:
Elas são elas
(Apenas um bando de palavras
Perdidas no tempo
Querendo invadir minha mente)

Eu sou...Tudo o que é.

3 comentários:

iracema forte caingang disse...

Palavras perdidas....
FELIZ 2010 TUDO DE BOM.
BEIJOS

Rejane disse...

Depois de uma séria e cautelosa consideração,
quero notificar-te que o nosso

"Contrato de amizade"

foi renovado para o novo ano de 2010.
Feliz ano novo e um caloroso abraço!


"Nunca desvalorize ninguém...
cologue cada pessoa perto do seu coração
porque um dia você pode acordar
e perceber que você perdeu um diamante
enquanto você estava muito ocupado colecionando pedras. "




Mande este abraço para todos que você não quer perder em 2010.

Victtoria Rossini disse...

;))
Contrato renovado Rejane
;))
Bjs querida
Feliz 2010 pra ti e toda tua familia tbm Iracema
Bjxx de luxx amigas