quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

VÔO DA MADRUGADA



VÔO DA MADRUGADA
(Victtoria Rossini)

Vou pegar o ultimo vôo da noite..
Amanhã bem cedo estarei aí
Deitarei ao teu lado
E te acordarei do sonho
Que você pensa dormir

Ainda antes de abrir os olhos
Sentirás meu cheiro
Sentirás meus lábios
E ouviras
O que sempre desejou ouvir

Durma!
Antes que acorde
Eu estarei aí

2 comentários:

Taty Cascada disse...

Por amor, volamos en lo oscuro y en lo claro, lo importante es amar.
Un bonito poema.

Victtoria Rossini disse...

Gracias Taty!
Es verdad
;))
besos anjo