sexta-feira, 11 de abril de 2008

DESEQUILIBRADA

DESEQUILIBRADA
(Victtoria Rossini)

Me equilibro assustada
Na ponta da escada
Olhando embaixo o precipício
Acima o cimo.
Mas ao virar a cabeça
Distraída me esqueço
E perco o equilíbrio.
Um segundo e me sinto
Desequilibrada
Despencando da escada
Esperando apenas
O fundo do abismo
E a tala de gesso.
Quem quer assinar?

Um comentário:

Cris disse...

Eu!!!!!!

assino:

Você é muito show, amiga!
...............Cris