quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

A DANÇA DAS MUSAS


A DANÇA DAS MUSAS
(Victtoria Rossini)



Elas estão loucas!
As musas estão soltas
Me atormentando com os seus raios

Ouço vozes desvairadas
As musas pobres coitadas
Cantam até canções de ninar

E eu como sou insone
Ouço flautas e tambores
Ressoando pelo ar

Vejo as sensíveis borboletas
Dançando ao som das trombetas
E já estão quase a desmaiar

Até as fagulhas de fogo
Se agitam fazendo jogo
No sopro delas a cantar

E quando respiram fundo
Fazem com que o mundo
Se encolha no seu pulsar

Até mesmo quando dormem
Há sonhos que se transformam
Em magia a tilintar

São luzes coloridas
Trazendo energia à vida
Nos fazendo sorrir mais

E nos tornamos crianças
Admirando a dança
Das musas da criação

Um comentário:

Rafael Guerra disse...

adoro as suas rimas...