quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

EU LÍRICO? :))))))


EU LÍRICO? :))))))
(Victtoria Rossini)

Hoje alguém me disse
Que “meu eu lírico era uma antítese”...
Rsrsrs
Fala sério!

Não tenho “eu lírico”
Nem lúdico
Nem promíscuo
Nem santo
Nem profícuo

Tenho uma alma atormentada
Atolada nas minhas dúvidas
No meio de um tiroteio
Entre minha mente lógica
Meu eu que sente
E um corpo que às vezes mente
Para iludir a mim mesma
Para poder manter minha sanidade
Passear pela cidade
Como se normal eu fosse (afinal o que é ser normal?)

Ninguém vê a guerra que impera
Entre o meu sentir e o meu querer
Entre o que eu sei e o que eu posso contar...
A dor da inadequação
A minha solidão
Enquanto vago por esse campo
Cheio de corpos caídos
Desejos adormecidos
Por falta de ter aonde ir

Então os conservo aqui
Às vezes abro as janelas
Ouço as historias das eras
Que estão gravadas em mim...
Escrevo... E saia o que sair

Eu lírico?...rsrsrs

3 comentários:

Rafael Guerra disse...

é... acho q todos nós somos metaforas...^^

Victtoria Rossini disse...

Somos, nossas traduções de n ó smesmo e dos outros é nos ajudam a entender a nós mesmo e ao mundo.

Julieth Parkin disse...

Lirico ...
Sì...
Molto bella!
E 'vero!
(,”)\\
./_\\. Baci!
_| |_……………...