quarta-feira, 28 de maio de 2008

O QUE HÁ POR TRÁS DA PORTA?

O QUE HÁ POR TRÁS DA PORTA?
(Victtoria Rossini)

O que há
Por trás da porta
Que sempre entorta
Quando tento abrir?

Ela se transforma
E não me conformo
Continuo batendo
Com as mãos doendo

Quero saber o que tem
Do outro lado
Qual é o quadro
Que se mantém

Quero os mistérios
Quero os segredos
Apesar dos medos
Que sobrevêm

Prego um olho
Na fechadura
E só vejo lá
A face escura

Mas imagino
Na minha mente
Um ambiente
Bem diferente

E aqui me posto
Olhando a porta
Sempre aguardando
Uma resposta

Um comentário:

Cris disse...

maravilhoso poema, Victtoria

Um sentimento big brother, como no livro 1984.

Somos observados e observamos através das câmeras/fechaduras, imaginando o critério da avaliação.
Tentamos compôr o fundo e se os espectadores nos importam muito ou pouco.

bem, me lembrou tudo isso mas sucinto e perfeito.

super beijo